Olá leitores do blog Concurso Empregos, hoje venho com um artigo um pouco diferente, porém muito importante para nossa vida profissional, são 7 dicas para lhe auxiliar em como escrever um curriculum vitae de sucesso e de quebra não cometer erros que eu e também muitas pessoas cometem por ai.

Escrevendo um Curriculum Vitae | 7 Dicas

Fica comigo até o final deste texto, que tenho certeza que com essas dicas você estará melhor preparado para elaborar esse documento e conquistar o seu emprego ou mesmo uma recolocação no mercado. Quer aprender como escrever um curriculum vitae? Então vamos ao artigo!

Como escrever um curriculum vitae

Curriculum Vitae: Antes de falar sobre as Dicas.

Antes de falar sobre as dicas propriamente ditas, é importante que você saiba o porque muitos curriculum vitae são desconsiderados num processo de seleção.

Então aqui, vou falar um pouco sobre alguns mitos e verdades que são amplamente discutidos e qual o meu pensamento sobre eles. Vamos Lá?

Um Curriculum Vitae Precisa Ter Muitas Páginas

Mito: Um currículo deve estar de acordo com a sua experiência profissional, ou seja, deverá refletir fielmente o quão experiente você é em determinada área. Pense comigo, uma pessoa que acaba de entrar no mercado de trabalho e ao enviar o seu currículo ao recrutador para uma vaga de primeiro emprego, apresenta 5 folhas de experiência, é um tanto quanto duvidoso não acham?

curriculum vitae

Isso não quer dizer que ele não possa ter 5 páginas em seu currículo, e sim que isso não é usual (eu mesmo pensaria P#%@ esse é o cara, muito fera rs).

Preciso ter foto no meu Currículo

Mito: Não há necessidade de colocar foto em um currículo formal, o recrutador nesta etapa está interessado em conhecer quais são as aptidões dos concorrentes a vaga e por isso a partir do meu ponto de vista, a foto no currículo não trará benefício algum.

currículo vitae com foto

Claro que, salvos os casos que você seja alguém como eu, que se colocar a foto no currículo, com toda certeza estará garantindo uma passagem para se retirar do processo (sem sombra de dúvidas, heheh) apenas descontração, voltemos ao que importa.

Meu curriculum vitae deve ser completamente formal

Depende: Hoje em dia (quando estou escrevendo este artigo) essa antiga realidade de que um currículo deve ser completamente formal está mudando, pelo menos é algo como eu vejo.

Por exemplo, se você está concorrendo a um cargo executivo, é razoável pensar que o conteúdo do seu curriculum vitae seja mais formal por conta da vaga ao qual você está concorrendo.

currículo modelo formal

No entanto, a mesma regra pode não se aplicar a uma pessoa que esteja concorrendo a uma vaga de Designer por exemplo, onde para o recrutador a “inovação” no currículo já pode ser considerada um diferencial e te faça largar com alguns pontos a frente dos demais.

Aqui é legal ressaltar também que isso pode variar de acordo com o próprio recrutador que está selecionando para uma referida vaga, se por qualquer motivo ele é um “cara” conservador, tradicional (pra não dizer velho rs), ele dificilmente irá se encantar com um currículo despojado e cheio de inovação.

Veja também:  Como trabalhar no Poupatempo? Veja as informações aqui

Algumas considerações a respeito dos mitos e verdades:

É claro que a preparação dos currículos vai muito além do que foi falado acima nos mitos e verdades e também isso é uma análise a partir da minha perspectiva e das entrevista que passei e fiz como entrevistador, então isso não em hipótese alguma deve ser levado como uma verdade absoluta, ok?

Estamos entendidos? Beleza! Então agora vamos a parte que você tanto aguardou deste artigo, que são as 7 dicas para seu curriculum vitae que eu mencionei lá no início.

7 Dicas Essenciais Para Você não Errar no seu Curriculum Vitae.

1 – Não cometa erros de escrita: Pode parecer clichê (e é rs), mas eu preciso falar que este é um erro muuitoooo, mas muuuuitooo comum em currículos, principalmente nos de primeiro emprego (não que isso não ocorra em outros).

Vamos fazer um exercício rápido aqui? Coloque-se no lugar do entrevistador que está analisando o seu curriculum vitae, ele não te conhece e está lhe dando uma oportunidade para conhecê-lo, e neste momento, logo de cara, ele vê que você não tem qualquer preocupação com a impressão que ele poderá ter de você, enviando um documento com erros não só de português, como de concordância, assim realmente ficará difícil ele lhe dar uma chance não é?

2 – Não minta nas experiência e qualificações em seu currículo: Eu não queria ter de escrever esse ponto aqui, mas ele é extremamente importante para alertar vocês de que isso ocorre e que infelizmente é muito comum.

Acredito que algumas pessoas não fazem por mal, e sim apenas por acreditarem que isso de alguma forma poderá ajudá-las no momento da seleção, já outras sequer se preocupam e vai lá encher o currículo com inverdades para “agradar” o recrutador.

Fato é que isso infelizmente pode funcionar no início, porém eu tenho que lhes dizer que como toda mentira, colocar informações falsas no curriculum vitae também tem “pernas curtas” e isso cairá por terra no momento da entrevista presencial, onde o entrevistador com absoluta certeza irá questioná-lo sobre os pontos que você informou, e ai amigo, é a hora que o filho chora e a mãe não vê rs, brincadeira o máximo que vai acontecer é o recrutador elegantemente lhe convidar a se retirar da sala de entrevista e riscar o seu nome da lista dele enquanto lá ele trabalhar.

Portanto, em hipótese alguma, escreva em seu currículo inverdades, pois elas, mais cedo ou mais tarde virarão contra você.

3 – Mantenha seu curriculum vitae atualizado: Frequentemente aprendemos novas coisas, fazemos algum curso, tiramos alguma certificação e aqui, diferentemente do ponto anterior é importante que você informe (se verdade for) as suas novas aptidões e como você vem se desenvolvendo profissionalmente falando.

Veja também:  6 erros que fazem um currículo ser eliminado

Aqui a dica fica por conta de sempre verificar se o currículo que você está enviando para uma determinada vaga é realmente o seu documento mais recente que contenham todas as atualizações.

4 – Limite-se a no máximo 2 páginas: Aqui vai uma dica de ouro pra quem está preparando um novo curriculum vitae, ou mesmo atualizando um já existente. Como falei no início do artigo (espero que você tenha lido e não tenha pulado direto para as dicas rs), um curriculum com muitas páginas é prejudicial para sua seleção.

O recrutador, assim como nós, tem um tempo finito e trabalha em meio a uma carga horária predefinida (a menos que você seja dono do seu próprio tempo), adicione a esta situação uma pilha com mais de 200, 300 ou mais currículos para serem filtrados.

Fatalmente esses currículos com 5, 6, ou mais páginas serão analisados, assim meu amigo candidato, aquele tempão que você gastou fazendo aquele “best seller” em 2 segundos estará na pilha de “não selecionados”.

Então aqui a dica fica por conta de você tentar sempre resumir a sua experiência profissional e capacitação em no máximo duas páginas, claro que isso não é uma regra e que você poderá ultrapassar em alguns casos, mas sejamos sensatos e pensemos em quem irá analisar do outro lado, portanto não envie uma bíblia ao recrutador rs.

Volto a reiterar que isso não é uma regra para os curriculum vitae e que isso não deve ser encarado como uma verdade absoluta, portanto não se limite e veja o que é melhor para você.

5 – Escreva um objetivo personalizado: É comum receber alguns currículos “sem objetivo”, essa é uma parte importante no currículo e ela mostra “de cara” qual é a sua intenção e qual vaga ou setor você está buscando.

Escrever um objetivo personalizado para cada envio pode ser um fator interessante, pois ele ao ser lido causa um impacto no recrutador e quanto melhor escrito maiores as chances dele continuar lendo o seu CV e lhe convocar para uma entrevista presencial.

Ai você me pergunta, oras, como vou escrever um objetivo personalizado para o meu currículo, é simples! Leia um pouco sobre a empresa, a vaga ou mesmo setor ao qual você está se candidatando e veja como você pode contribuir com este departamento. Ao identificar uma forma de contribuir dado a sua experiência e qualificações é hora de definir o objetivo.

Vaga: Logística (Estoque)
Objetivo: Contribuir com a empresa X no controle de estoque dado a minha experiência com Y e Z

Pronto, em poucas palavras você já mostrou que entende do assunto e que ele poderá seguir lendo o seu CV por ter encontrado algumas qualidades que ele está procurando.

6 – Tente não enviar seu currículo para toda e qualquer vaga: Sei que você pode estar pensando, pô, como assim, estou desempregado, ou buscando o primeiro emprego, por que eu não posso ficar enviando o meu currículo para todas as vagas?

Veja também:  → Como trabalhar na Odebrecht: Oportunidades de Trabalho

Na verdade você pode, eu nunca disse que você não deve, o que eu disse foi, tente não enviar para todas elas, mas por que isso? Enviando o seu currículo para todas as vagas (até mesmo para aquelas que estão completamente fora da sua especialidade) você vai se “queimando” no mercado, se você se considera um especialista e é muito bom no que se propõe a fazer, tenha calma e foque na sua especialidade.

7 – Cadastre seu currículo nos sites de empregos: Se você chegou até aqui é porque realmente se preocupa com a sua carreira profissional e quer o melhor para o seu curriculum vitae. Portanto para você eu guardei a melhor dica de todas e eu vou dizer o porque.

O mundo está cada vez mais informatizado e as mudanças ocorrem numa velocidade que muitas vezes não conseguimos acompanhar (aqui falo especialmente para as pessoas mais velhas) que nem sempre são antenadas nas novidades e por esse motivo perdem algumas oportunidades simplesmente pelo fato de não conhecerem.

Tempos atrás era comum vermos pessoas saindo as ruas coma famosa pastinha marrom (papel pardo) com uma centena de currículo dentro para ser distribuído nas empresas (isso ainda acontece hoje, porém com menos frequência).

O que quero dizer realmente, é que felizmente hoje isso pode ser feito de uma forma mais simples e rápida, que é cadastrando o seu CV em alguns dos tantos sites e agencias de empregos que temos na internet. Para quem ainda não conhece, eu vou listar alguns dos principais aqui e você poderá entrar, criar a sua conta e cadastrar o seu currículo.

Vou dividir essa lista entre os gratuitos e os pagos para facilitar e vou disponibilizar os referidos links para que vocês possam se registrar.

Sites para cadastro de curriculum vitae (Bônus)

Sites Gratuitos

Sites Pagos

  • Catho (Tem 7 dias gratuitos, mas coloquei como pago por experiência)

Considerações finais

Nesta lista eu coloquei os principais itens que eu julgo como mais importantes para que você consiga aprimorar a escrita do seu curriculum vitae.

Conhecendo os mitos e verdades e seguindo essas dicas eu espero que você tenha conseguido absorver boas informações para que você não precise mais procurar como escrever um curriculum vitae.

Fica aqui os meus agradecimentos por ter lido esse longo artigo e eu desejo fortemente que você consiga alcançar os seus objetivos.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook e compartilhar com os amigos que possam gostar do nosso conteúdo.

Grande abraço e obrigado!

Como escrever um curriculum vitae: 7 Dicas de quem já errou demais nisso!
5 (100%) 234 votes